segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

[FIC] Vingança || Capítulo 08: Guardiões


Sou Carrie Heigh; e quando eu era uma garotinha, minha família foi morta por 'Rádius', na época desconhecido. Fui abrigada e criada por um milionário, e quando completei vinte anos, meu desejo de Vingança só aumentou, depois de eu lembrar de tudo o que aconteceu naquele dia. Agora, sou uma Agente de Solária; e junto com minha amiga Linda, que é uma recruta, John, o cara que me acolheu; e Solon, um mercenário, vamos fazer o Sistema Corrupto de Solária cair, juntamente com todos os que são coniventes com esse Sistema. Pouco a Pouco, Rádius vai pagar muito caro por tudo o que fez. E a última palavra que ele dirá antes de cair morto, será o MEU nome. Porém, se quisermos vê-lo dentro de um caixão, precisamos destruir DUAS 'Caixas Pretas'. Dois HD'S que guardam segredos sombrios de outros reinos, sejam culpados ou inocentes; e que garantem a vida do desgraçado. Posso morrer tentando destruí-lo, mas ele também morrerá. Essa, não é uma história sobre perdão.



Capítulo 08: Guardiões

"Estou dizendo, cara! Já contatei os dois guardiões restantes das Caixas Pretas. Me encontrarei com eles em uma pequena Vila longe das fronteiras de Solária. Lá, os matarei e destruirei as Caixas Pretas restantes que estão sob a posse deles. Com isso, Rádius finalmente poderá ser morto! E eu farei QUESTÃO de matá-lo. Fiz MUITO por este Reino, portanto mereço ser a RAINHA!"

Carrie e Linda ficaram chocadas, paradas, surpresas. O mini-microfone estara pegando e elas ouviram a conversa de Victoria com uma pessoa.

- Ela... quer matar Rádius?! -Linda perguntou-

"E outra, tem uma nova Agente no pedaço. O nome dela é Carrie. Puxei o saco dela há alguns dias e pretendo usá-la para matar os Guardiões e dar um sumiço no corpo. Ela é ótima, garanto."

- Considero isso como um elogio? -Carrie perguntou-

"Sim, será amanhã pela noite. Sim, sim. Os dois confirmaram a presença. Ambos levarão suas Caixas Pretas. Falarei com Rádius ainda. Direi para aquele Reizinho maldito que irei re-programar as Caixas Pretas, sem mexer nos arquivos, para nada corromper. Assim ele dará uma autorização à mais para os Guardiões."

- Mas que vadia! -Carrie gritou-

E completou:

- Eu sabia, sabia que ela queria algo comigo!

- Shiu, Carrie! -Linda pediu silêncio, pois Victoria estara encerrando a conversa-

"Certo. Conto com seu apoio. Beijos. Tchau."

- MERDA! Ela não disse o nome! -Linda protestou-

- Mas que seja. Hora de atuar! -Carrie disse-

- O que pretende fazer? -Linda perguntou-

- Preciso ganhar a confiança de Rádius! Falarei para ele que a "Rainha Victoria" está planejando matá-lo! -Carrie disse-

- OU, podemos confiar em Victoria, deixar ela destruir as Caixas e matamos Rádius em conjunto! -Linda disse-

- NUNCA! Não podemos confiar naquela biscate! E outra, EU quero matar Rádius, e não quero que seja assim. Tortura é a primeira etapa.

Linda sorriu, não acreditando no que acabara de ouvir.

- Carrie. Nós não somos assassinas. Quero SIM destuir Rádius, porém acabando com o dinheiro e o reinozinho besta dele. Acho que matá-lo é algo cruel. -Linda disse-

- O QUÊ?! Linda! Ele M-A-T-O-U nossas famílias, destruiu nossas casas, acabou com nossos amigos, queimou nossa vila! A morte é a única opção que ele tem. E eu me certificarei que ele receba MUITO bem essa única opção. -Carrie disse-

- Carrie! Você ouviu o que disse?! -Linda disse-

E completou:

- Há algum tempo você disse que não era uma assassina!

- As coisas mudaram, minha amiga... Estamos mexendo com alguém perigoso; que não merece APENAS ficar preso.

E então, pegou o celular anônimo que John dara à ela.

Discou um número e apertou 'ligar'.

- Solon? Aqui é a Carrie. Onde John está?

- Está aqui do meu lado. O que houve? -Solon perguntou - Colocarei o celular no Viva Voz. -Solon concluiu-

- Nova Missão! Victoria quer destruir as Caixas Pretas e matar Rádius. Óbviamente não deixarei. Pretendo desmascará-la para nosso reizinho e NÓS mesmos é que iremos destruir os HD'S. O que acham? É a oportunidade perfeita!

- Ou ou ou ou! Carrie! Vai com calma! -Carrie ouviu a voz de John de fundo-

E o homem completou:

- Onde será isso tudo?

- Em uma pequena vila, longe das fronteiras de Solária. Conhece algo parecido por aí? -Carrie perguntou-

- Bem, essa mansão fica no primeiro monte após um portão de Solária, após uma fronteira. E tem uma vila aqui perto. Vocês não tem o nome? -John disse-

- Infelizmente Victoria não disse nada sobre. Mas se existe alguma vila aí perto, precisamos arriscar! John, eu posso ganhar a confiança de Rádius fazendo isto! -Carrie continuava dizendo, eufórica-

John suspirou.

- Certo. Solon e eu vamos até a vila mais próxima daqui para ver se há alguma movimentação estranha. Se tiver, ligaremos para você. -John disse-

E logo em seguida encerrou a ligação.

- Linda, sei que você acha muitas coisas erradas, mas se estamos nessa vingança, temos que fazê-la direito! Rádius NÃO está de brincadeira. E eu também não estou... -Carrie concluiu-


... CASTELO DE SOLÁRIA ...

... ALGUNS MINUTOS DEPOIS ...

Rádius estara sentado em seu trono real, bebericando um drink à base de alcool, quando um de seus soldados adentrou o lugar.

- Com licença, Majestade...

- Entre. -Rádius respondeu com frieza-

O Soldado entrou, tremendo um pouco. Geralmente, todos os soldados de Rádius o temiam de uma forma inacreditável. Rádius era considerado um Deus intocável por seus servos, portanto eles não queriam cometer nenhum erro.

- Alguém me deu esta carta, senhor. A pessoa sumiu imediatamente, correu. Não pude alcançá-la, até porque

- Até porque você NÃO pode sair do seu lugar apropriado. Enfim. Eu sei. Bata a porta quando sair. -Rádius disse-

- S-sim, mag-gestade. -O soldado disse, saindo dalí logo em seguida-

Rádius revirou a carta, apalpando a textura estranha que o envelope tinha.

- Quem mandaria uma carta tão estúpida assim para mim?! -Rádius disse-

E então, rasgou o envelope com um pequeno canivete.

Ao abrir a carta, Rádius percebeu a bela caligrafia de quem a havia escrito. Nós sabemos quem, não sabemos?

"Majestade, venho por esta carta lhe informar

sobre uma possível traidora dentro de seu reino.
Duas Caixas Pretas foram destruídas. Faltam duas.
E esta mulher fará de tudo para destruí-las também.
                                  Solária, Park Avenue, Vila III.
Mande seus mais confiáveis para este endereço, e veja.
                                                                         -Anônimo"

Rádius bufou, rasgando a carta em vários pedaços. Porém, o endereço despertou algo em sua mente.

- Victoria.


... COM CARRIE E LINDA ...

... ALOJAMENTO DE LINDA ...

- Espero que Rádius já tenha recebido a carta. Ele mandando soldados para a vila, será mais fácil. Victoria será desmascarada, Linda! -Carrie disse-

- Mas, aquele é o endereço certo? -Linda perguntou.-

- Sim. Solon reparou em uns caras, disfarçados, porém com um broche de Solária no ombro. São guardas. Provavelmente de Victoria, ou dos Guardiões. Ele me ligou minutos antes de eu mandar a carta pelo mensageiro. -Carrie respondeu-

Linda assentiu com a cabeça. No fundo, Linda queria que aquilo tudo acabasse. No fundo, Linda queria viver uma vida normal. No fundo, Linda já desistira de sua Vingança havia muito tempo. Porém, algo a impedia de parar: seu irmão.

Linda perdeu o irmão quando Rádius decidiu queimar a vila onde ela morava. O irmão era a única pessoa que Linda tivera e, depois da morte dele, a vida da menina só se desgraçou. Ela não foi encontrada por um banqueiro-guerreiro e virou milionária como Carrie, ela se tornou uma índia. E, mais tarde, se tornou uma prostituta de luxo.

Carrie continuou falando, explicando como o ataque aos Guardiões aconteceria, porém Linda estava loooonge. Tudo o que passava em sua mente eram as cenas horríveis que vira há 15 anos atrás, quando ela tinha apenas três anos, quando ela era apenas a pequena Ester. Linda se lembrava detalhe por detalhe quando uma lança atravessou a barriga de seu irmão, e quando viu ele sendo arrastado, sangrando, durante muito tempo. Linda tentou ir atrás do irmão, porém algo -talvez intervenção divina?- fez ela correr, sem parar, até ser amparada por índios.

- Linda! -Carrie tirou Linda dos pensamentos ruins - Você está me ouvindo?

- Ah, s-sim, estou. -Linda respondeu, confusa-

- Certo. Você, ficará aqui, com o notebook, monitorando todas as câmeras daquela vila. Use este ponto em seu ouvido. Irei com John e Solon para lá. Linda, poooor favor, tenha foco. Temos que fazer isso dar certo... -Carrie disse-

- Certo, amiga. Fique tranquila. -Linda disse, colocando um ponto parecido com um fone de ouvido, na sua orelha esquerda-


... DUAS HORAS DEPOIS ...

... PARK AVENUE, VILA III ...

- Deu certo! Os soldados de Rádius estão aqui! -Solon disse, eufórico, junto com Carrie e John-

- E a reuniãozinha de Victoria está prestes a começar. -Carrie disse-

- Não precisamos mais atacar. Temos que ficar de olho e apenas esperar que os Guardiões fujam, quando os soldados de Rádius atacarem. Assim, pegaremos eles aqui fora e voilà! -John disse-

- E com voilà, você quer dizer Adeus, Rádius, certo? -Carrie disse-

John deu um sorriso malicioso. Solon olhou para Carrie, sorrindo timidamente.


... GALPÃO DA VILA III ...

... REUNIÃO DOS GUARDIÕES ...

- É ótimo ver que vocês três estão aqui. Mostram que são capazes de aceitar uma deliciosa proposta. -Victoria disse-

- O que você quer, Victoria? Você sabe que eu não devia ter saído do meu posto. Sou o Principal dessa história toda. -Charlie, um guardião, disse-

Victoria riu com vontade.

- Charlie Charlie Charlie. Seu ego está mais inflável que a Fábrica de Pneu para Carro de Solária! Ser o Primeiro Guardião, velho como você, não significa NADA! Quantos anos mesmo? Setenta e Cinco?

- Sessenta, Victoria. Sessenta com força de Vinte. E sem provocações. O que diabos você quer? -Charlie perguntou-

- Cale-se e deixa-a falar, infeliz! -Lewis, um outro guardião, disse-

- Mas quem você pensa que é?! -Charlie gritou com Lewis-





Há poucos metros dalí, do lado de fora do galpão, estavam ainda Carrie, Solon e John. Os três, estavam conseguindo ouvir tudo, graças ao dispositivo que Carrie pôs em Victoria.

- Estão ouvindo? Esses são realmente guardiões? -Carrie perguntou-

- Sim, são. De acordo com o Sistema de Solária aqui do meu Ipad, Charlie tem realmente cinquenta anos e foi o primeiro Agente de Solária. Depois, virou um Guardião de fibra. Ele é forte, pessoal. Não queiramos bater de frente com ele. -Solon disse-

- Charlie é um desgraçado infeliz. Está há anos em Solária. Não devemos temê-lo; temos que acreditar que somos mais fortes! -John disse, confiante-

- Certo. E o tal Lewis? -Carrie perguntou-

- Lewis é o mais novo Guardião de Solária. Digo, com menos idade. Tem apenas 20 anos. Sua idade, Carrie. -Solon deu as informações-

- Haha! Que ótimo! Será que é pegável?

Solon olhou para Carrie com um olhar de reprovação.

Carrie riu e concluiu:

- Vamos continuar ouvindo...




- Chega, chega, chega! -Victoria gritou-

E prosseguiu:

- Vocês dois estão aqui pois quero fazer uma grande proposta. Quem de vocês dois já recebeu grandes broncas de Rádius? Quem de vocês dois já sentiram a reprovação sem sentido e a fúria do tirano desgraçado? Ah, deixem-me responder... AMBOS. OS DOIS. T-O-D-O-S nós!

- Do que está falando?! Como ousas falar assim de Rádius?! -Charlie gritou, se levantando de uma cadeira-

- Sente-se. Essa vila maldita está CERCADA de soldados. Ou você senta, ou você morre. -Victoria o ameaçou-

Charlie se sentou, tentando manter sua pose de mestre.

Victoria continuou a falar:

- Vocês dois possuem as duas caixas pretas que restam; que mantém Rádius a salvo. Queridos, vocês são guardiões; vocês guardam um "incrível poder", um "poder" que mantém Rádius a salvo. Já pensaram em usar esse poder para benefício próprio? Eu detenho o Sistema de Solária e vocês são de extrema confiança do Reino. NÓS controlaremos esse lugar quando Rádius cair morto.

- Quando? -Charlie interrompeu Victoria-

- Exatamente. Quando. Por quê vocês não pegam as Caixas Pretas que mandei vocês trazerem de seus respectivos bolsos? Podemos dar um fim à essa história AGORA. -Victoria disse-

- Negativo. TROPAS, AVANCEM! -Charlie gritou-

No mesmo instante, as janelas do galpão foram quebradas. Dispositivos foram lançados alí dentro e deles, saíam gases.

- Não é gás letal, mas te pegará, vadia! -Charlie gritou-

E então desapareceu por entre as fumaças, que estavam em grande escala.



- MAS QUE PORRA É AQUELA?! -John gritou, vendo de longe a fumaceira-

- Coloquem as máscaras! Tem alguém vindo para essa zona! -Carrie disse-

Solon e John obedeceram.

- É... É Lewis! -Solon gritou-

- Tomem isso. -Carrie disse, jogando sua pistola no chão-

- Carrie, mas... -John tentou dizer alguma coisa-

- Não posso estar armada, se tudo der errado. -Carrie disse-

E então esperou Lewis, que correndo, se aproximava ainda mais.

Quando o jovem se aproximou de onde o trio estava, foi nocauteado por Carrie, que usou um pedaço grande de madeira.

Em seguida, Carrie tirou sua máscara preta e pôs em Lewis, com os furos ao contrário, para que ele nada visse.

- Pronto! -Carrie disse-

E então tirou uma Caixa Preta do bolso do garoto.

- V-voc-cê é aj-jud-dant-te de Vi-victoria? -Lewis perguntou, gaguejando-

- Não. VOCÊ é. -Carrie respondeu-

E então, com a Caixa Preta em mãos, pegou sua arma de volta e bateu na cabeça do garoto, que desmaiou. Em seguida, tirou a máscara dele e tacou a Caixa Preta no chão, atirando nela logo depois. Pegou então luvas pretas dentro da mochila que Solon carregara e as colocou em Lewis. Por fim, pegou a arma com que atirou na Caixa Preta e pôs perto do garoto.

- O que tu tá fazendo?! -Solon perguntou-

- Lewis era ajudante de Victoria. Ele destruiu a Caixa. Tem uma arma e luvas com ele, é um ambiente perfeito. Ficou sonolento por causa do gás; caiu e bateu com a cabeça. Menos UM. -Carrie disse-

Solon sorriu. John balançou a cabeça em sinal de aprovação.

- Olhem! São os homens de Rádius! Eles pegaram Victoria! -Solon sussurrou-

- E logo acharão Lewis também. Menos UM nada! Agora são menos DOIS! Haha. -Carrie disse-

E concluiu:

- Vamos dar o fora daqui!

0 Comentários:

Postar um comentário

Críticas SEMPRE serão aceitas, mas sem palavras grosseiras.
Seu comentário é muito importante :D

Pesquisar este blog

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Ana Naykindo (fofa do Allan) | Proibida a copia total ou parcial do mesmo - Questa è La Magia Del Winx Club - Fã-Blog sem Fins lucrativos>