sábado, 8 de março de 2014

Uma última batida de asas...


O blog foi criado há 4 anos atrás. Com ele, aprendi a escrever melhor. Nele, meu hobbie favorito (que tem grandes chances de se tornar algo maior, se Deus quiser) foi praticado. Nele postei FIC's, informações e conheci pessoas muito legais. E hoje me despeço dele.

Quem ainda acompanha o blog ou o visita de vez em quando, sabe que desde 2012 ele anda muito desatualizado. Ano passado, comecei uma nova rotina, completamente diferente das que eu tinha. Comecei a estudar integralmente, me envolvi com novos projetos, conheci novas pessoas e enfim. 

Hoje, postei o último capítulo de A Traidora. Uma FIC, que será para sempre um marco na história do blog, por tantas loucuras que já fiz no layout por causa dela. haha

É com pesar que encerro minhas atividades aqui no blog. Ele sempre estará ativo, para que as FICs e postagens sejam lidas.

Foi MUITO bom comentar com vocês, conhecer pessoas e me sentir uma parte importante do mundo Winx.
Agora, dou minha última batida de asas. Questa È La Magia del Winx Club para de ser atualizado definitivamente aqui.

Vocês podem me seguir:


UM GRANDE BEIJO E UM GRANDE ABRAÇO NO CORAÇÃO DE TODOS VOCÊS!


[FIC'S FINALE] A Traidora 3 | Capítulo 18: Adeus Magix, a Vadia está Indo, Amo vocês! [ÚLTIMO CAPÍTULO DA TRILOGIA]


Capítulo 18: Adeus Magix, a Vadia está indo. Amo vocês!

- Isto definitivamente NÃO devia ter acontecido! -Bloom gritou-

Agora, as fadas estavam voando de volta ao castelo de Ândros. Aisha havia desaparecido, junto com a vadia roxa. Os monstros ainda estavam atacando, saindo do grande portal descontrolado, mas elas precisavam voltar, pois Flora recebeu um recado de Helia. Um recado voador, daquele jeitinho especial que só ele sabia fazer.

- Esse lugar está ficando cada vez mais assustador... -Tecna balbuciou. As Winx quase não ouviram-

- Vamos apenas voar... -Musa disse-

As cinco prosseguiram viagem. Não demorou muito para elas chegarem.


- Oh, Timmy! -Tecna disse, vendo seu namorado-

Cada Winx, chegando ao saguão principal do castelo, foi em direção de seu amado. Menos Aisha. Aisha não está ali. Aisha está em perigo! 

- Onde... Onde está Aisha? -Nabu perguntou-

O pai da Princesa de Ândros também se perguntava a mesma coisa, porém nada disse. 
A mãe dela, estava descendo um lance de escadas junto com Faragonda, Esmeralda, Griffin, Salladin, Nebula e Morgana. Havia mais uma pessoa atrás, porém ninguém conseguiu identificar de primeira quem era.

Mas quando conseguiram...

- SUA FILHA DA PUTA! -Bloom gritou, saindo de um abraço de Sky-

Todos se assustaram com o palavreado, mas se assustaram ainda mais quando a fada da Chama do Dragão agarrou pelo pescoço a pessoa-atrás-de-todos-os-outros-na-escada: Bella. Bella, a que destruiu a Dimensão Ômega. Bella, o demônio.

Bloom voôu, segurando a criatura.

- POR SUA CULPA, POR SUA CULPA! -Bloom gritava-

Bella avistou a Estaca Matadora de Anjos entre as roupas brilhantes do Believix de Bloom, e rapidamente a agarrou, ameaçando a fada agressiva que a deixava pendurada.

- Bloom, pare! Ela não tem culpa de nada! -Esmeralda gritou-

Faragonda gritou a mesma coisa. Depois Salladin. Depois Griffin. Bloom, que tinha uma Estaca em sua direção (ela não podia morrer por causa daquilo, ora bolas, ela não era um anjo!) sabia que podia se machucar feio. Então colocou Bella de volta ao chão, se afastando e se recompondo.

Após tossir para limpar sua garganta, Bloom se desculpou com todos pela "palavrinha".

Bella levantou suas duas mãos, mostrando a Estaca que ela apanhou muito depois de conseguir — Sim, muito. Sua cara estava repleta de curativos. Aisha sabia bater muito bem — e jogou o objeto no chão, na direção de Bloom.

Todos estavam em silêncio. Era a deixa para as explicações começaram.

- Eu sou um demônio. Faragonda e os outros iriam me apresentar a vocês, mas agora o trabalho é meu. A culpa é toda minha também. Eu errei, eu matei aquela cobra, eu sou a culpada por tudo o que está acontecendo, mas 

- VOCÊ?! VOCÊ QUE FEZ ISSO?! -O Rei de Ândros gritou, se aproximando de Bella-

- Mas você saiu pela garganta desse corpo, virou uma fumaça preta! Como...? -Stella perguntou, reparando na cara detonada de Bella-

Bella se assustou com o Rei e ficou abismada com a pergunta aleatória de Stella. Ela se sentia culpada. Ela definitivamente NÃO estava trabalhando para Faellie e os Quatro Magníficos — que, bem, agora estão possuindo Faellie.

- Você... Todas vocês! Não era só Aisha que estava trabalhando com esse demônio! Vocês todas são culpadas, vocês todas! Vocês conhecem as façanhas dela! -O rei gritava-

Depois de uma pausa dramática de 10 segundos, ele gritou:

- FORA DO MEU CASTELO! FORA DO MEU REINO! TODOS VOCÊS!

- O quê?! Não?! -A mãe de Aisha gritou-

Todos ficaram assustados. O cara estava falando sério.

- EU! EU MANDO NESSE LUGAR! QUERO TODOS FORA DAQUI! NÃO PRECISO DA AJUDA DE NENHUM DE VOCÊS! 

- EU TAMBÉM DOU AS ORDENS AQUI! -A mulher gritou-

- VOCÊ É MINHA ESPOSA! 

- E TAMBÉM A RAINHA!

- FIQUE QUIETA, MULHER! QUERO TODOS FORA DAQUI, AGORA!

- EU NÃO PERMITIREI ISSO! NÃO MESMO!

- CALEM-SE! CALEM A BOCA! -Bella gritou, totalmente estressada com toda a situação-

- Quem você pensa que é, sua vagabunda?! -O Rei gritou, sacando sua espada e correndo na direção do demônio-

Bella viu a morte de perto. Não a sua, mas a de sua casca. Bem, isso não poderia acontecer. Ela então agiu com instinto, movendo suas mãos e usando de sua magia.

O rei voôu longe, batendo em uma coluna de pedra. Sua espada sumiu por entre o saguão do castelo.

- Ela... Ela também é uma bruxa! Maldita bruxa! -O pai de Aisha gritou-

- O QUÊ?! PRECONCEITO?! -Griffin disse-

O Rei a olhou com fúria.

- GUARDAS, ATAQUEM-OS! -O Rei gritou, ainda no chão-

- O QUÊ, NÃO! -A Rainha gritou-

Vários homens começaram a apontar suas armas. Foi quando o drama se tornou maior:

- FAELLIE LEVOU AISHA! -Flora gritou-

Os guardas pararam. Drama. Drama. Mais drama. Caos!

- O-O... O QUÊ?! -A Rainha gaguejou-

- Não nos deram chance de falar! -Flora disse-

O Rei ficou sem ação, ainda jogado no chão. Um guarda o ajudou a se levantar, finalmente.

- Ela se enfureceu e atacou Faellie. Foi quando a desgraçada fez alguma coisa, emitiu alguma luz e a levou, junto com alguns monstros. -Tecna disse-

- E achamos que tem muita coisa pior por trás disso. -Musa disse-

- Faellie se feriu, muito sangue foi jorrado. Um nojo! -Stella afirmou-

- Foi então que ela abraçou Aisha e a luz surgiu. Mas ela disse algo estranho. -Bloom concluiu-

O Rei disse algo no ouvido de sua esposa e saiu do castelo, junto com alguns guardas.

- O que ela disse, meninas? Vocês se lembram? -Esmeralda perguntou-

As meninas se lembravam. 

Quando uma alma pura se mistura com uma alma impura, ela é corrompida.

Bella se sentiu um pouco tonta. Como ela poderia ter esquecido aquilo?! 
Antes que ela pudesse dizer alguma coisa, a mãe de Aisha tranquilizou a todos:

- Meu marido foi procurar Aisha junto com alguns homens. Vão rondar todo o perímetro desse lugar. Vocês IRÃO ficar, fiquem tranquilos. 

Ninguém disse mais nada. Exceto Bella. Essa tinha muito o que dizer.

- Meninas. Faellie tirou de seu sangue e abraçou Aisha? O sangue delas foi misturado?! 

- Creio que sim, mas... Por quê? É um tipo de feitiço? -Tecna perguntou-

- É um ritual. Faellie vai usar Aisha para invocar a Morte. -Bella disse-

Um coro de "O QUÊ?" surgiu naquele saguão.

Bella berrou, furiosa. Furiosa consigo mesma, furiosa por muita coisa que ela mal podia explicar.

- Sim, um demônio está dando ordens. Nabu, Esmeralda, Griffin, Salladdin, Faragonda, usem de suas magias, poções, artefatos e ENCONTREM Aisha. Façam de tudo! Rápido! -Bella berrava ao dizer-

- Mas o que diabos está acontecendo? -Nabu perguntou-

- Uma profecia. Faellie achou que Aisha estava apta para isso. -Bella falou-

- Apta para o quê? -Faragonda perguntou-

- UM SACRIFÍCIO! -Bella gritou-

- O que está dizendo?! -A Rainha perguntou-

- Faellie acha que Aisha está com ódio o suficiente dentro de si para ser sacrificada e morrer sem perdão, sem perdoar alguém. Algo aconteceu. Aisha está impura. Se ela morrer, a Morte será invocada. Faellie quer usar a Morte como arma, e se isso acontecer... acabou. 

A Rainha suspirou. Ela lembrou da briga da filha com o pai, mas nada disse. Eles não podiam perder mais tempo.

A trupe inteira subiu para o segundo andar do castelo, para se organizarem e começarem as buscas magicamente. Os Especialistas foram para fora do Castelo, ajudar na luta e captura dos monstros. Sobraram apenas as Winx e Bella. Essas, apenas esperaram.

Alguns minutos depois, Bella desceu com todos, praticamente gritando:

- Faellie está em um monte aqui perto, vamos! 

As Winx, Bella, Faragonda, Griffin, Morgana, Nebula e Salladin então seguiram viagem. A Rainha também foi. O Rei, apesar de não concordar muito, decidiu acompanhar sua amada.  Não demorou muito e eles chegaram.

- Hahahaha! Que lindos! Todos reunidos! -Faellie gritou, ao vê-los-

A vadia roxa estava coberta de escrituras amarelas, provavelmente vinda dos anjos. Seus olhos roxos brilhavam. Sua voz, meio diferente, dava absoluto medo.

- Explosão Solar! -Stella atacou-

Faellie se defendeu e lançou uma bola de fogo. Brandon apareceu na hora e protegeu sua amada. Os Especialistas! 

- Mandei um recado para eles. -Flora disse, sorridente-

Agora, todos estavam juntos. 

- ONDE ESTÁ AISHA?! -Nabu gritou-

- Acalme-se, querido. -Faellie disse, dando um sorrisinho diabólico-

Em seguida, fez Aisha aparecer. Mas ela não estava bem. Sua barriga tinha um grande buraco, por onde sangue jorrava. 

- O QUÊ?! MINHA FILHA, NÃO! -A rainha começou a desabar em choro-

Foi quando Aisha acordou. Mas aquela não era Aisha. 

Ninguém teve tempo de pensar nada. Faellie pronunciou algumas palavras e alguns segundos depois, todos se viram no pátio de Alféa. Roxy viu todos e se aproximou. Agora, todos estavam reunidos MESMO.

- Consegui as duas flautas e a Trombeta da Morte. Sacrifiquei Aisha, liberando-a. A Trombeta do Poder eu sempre tive, seus desgraçados! Agora que consegui tudo, posso finalmente ativá-la! -Faellie gritou-

Aisha riu. Ela estava possuída pela Morte.

Faellie fez um gesto com as mãos e uma Trombeta dourada surgiu. Quando ia tocá-la, Ronnie apareceu. Sim, o mago. Ronnie! Mas apenas como espírito.

- O QUE DIABOS?! -Faellie gritou-

Ronnie riu. Todos estavam chocados.

- Eu havia dito que fui mandado para o inferno por magos. Mas nunca foi inocente. Eu criei armas, incluindo uma em especial, que abria o portal para o inferno. Esses magos apenas aproveitaram a oportunidade e me lançaram lá, para que eu não pudesse causar mal algum. Você me matou, desgraçada, me mandou de volta ao inferno. Mas os anjinhos que estavam dentro de você não disseram, que ao invocar a Trombeta da Morte, e claro, junto com ela, a própria Morte, que está possuindo Aisha, as vidas que você tirou podem caminhar livremente. Quando me vi aqui em Magix, vim falar com Roxy e Wizgiz, que conseguiram identificar Ryan e Sonya. -Ronnie disse-

Um homem e uma mulher, aparentando terem uns 50 anos cada, saíram em meio a multidão. Todos olharam sem entender. Roxy portava um sorriso sagaz.

- Foram eles que me lançaram ao inferno. Ryan e Sonya. Eles que pegaram todas as armas que eu criei. -Ronnie disse-

Sonya estava usando um sobretudo. Tirou do bolso uma pequena bússola, dourada, com ponteiros prateados. Tinha um pequeno botão dourado no lado esquerdo, e o nome 'Ronnie' gravado no lado direito.

- Essa arma é muito especial, Faellie. Quer saber o que ela faz? -Ronnie disse-

Quando Ronnie disse para que servia, todos ficaram chocados, animados, sorridentes, nervosos. Faellie lançou uma bola de fogo na direção de Sonya, mas Ryan, seu parceiro, a defendeu.

A bússola dourada matava qualquer anjo, em um raio de 100 Quilômetros.

- Agora! -Roxy gritou-

E Sonya apertou o botão dourado. Faellie começou a gritar desesperadamente. Sua cabeça fervia, como se seu cérebro fosse explodir.

- NÃO, NÃO, NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! -Faellie gritava-

Depois de alguns segundos, ela brilhou completamente e caiu, fraca. Tristeza, Ódio, Ilusão e Guerra foram mortos. Com isso, duas flautas e duas trombetas apareceram. Elas foram destruidas. Aisha sentiu algo sair de dentro dela. A Morte também a havia deixado e sua ferida na barriga havia sido curado. Faellie agora só era uma fada de novo. Uma maldita fada roxa.

Ela se desesperou, quando percebeu que tudo o que havia construído, havia sido destruído.

Ronnie ainda tinha mais uma surpresa. Ele tinha uma Estaca Matadora de Fadas.
Se aproximou rapidamente das Winx, voando como o espírito que era e deu para Aisha, que havia se aproximado das amigas.

Faellie estava no chão, jogada. Aisha pegou a estaca com firmeza e as suas amigas repetiram o ato. Juntas, chegaram perto da fada roxa e cravaram a ponta fina em suas costas. Faellie gritou, desistindo de se defender. As meninas enfiaram tudo, fazendo as veias da fada roxa saltarem. Agora, ela estava ficando cinza, morrendo aos poucos.

- HAHAHAHAHA! -Ela riu, se levantando.-

As Winx a olharam com desprezo.

- HAHAHAHAHAHAHA! ACABOU, NÃO É?! ACABOU! -Faellie gritava, como uma doente. - HAHAHAHAHAHA! ADEUS MAGIX, A VADIA ESTÁ INDO, AMO VOCÊS! 

Alguns segundos depois, gargalhando, Faellie lançou uma fumaça roxa e levou as Winx, Morgana, Nebula e Roxy para a antiga Ilha das Fadas Terrestres...

... LÁ ...

- O que diabos você ainda quer?! -Nebula gritou-

Morgana abraçou sua filha.

- Essa estaca vai me matar completamente em menos de um minuto. Vou me ressecar, como uma estátua. Só quero terminar tudo isso onde tudo começou. -Faellie disse-

Teve forças para voar até Morgana e beijou o rosto dela. Depois, beijou o de Roxy. E de Nebula. E das Winx. Faellie parecia uma criança.

Antes de se ressecar completamente e virar uma completa massa cinza, concluiu:

- EU... ODEIO... VOCÊS...

E então morreu. Dessa vez, para sempre...

Nebula se aproximou da fada roxa, agora cinza. Lançou uma magia azul e a aproximou do penhasco, de onde ela, havia empurrado Faellie, que havia virado pedra, há milhares de anos atrás. Então se aproximou dela, junto com Morgana, Roxy e as Winx.

- Finalmente acabou, meninas. Agora, de verdade. Essa estaca mata de verdade... -Nebula disse-

Todas apoiaram suas mãos sobre a fada cinza, recém morta. E então a empurraram. Em menos de 1 minuto, Faellie caiu exatamente no mesmo lugar em que estava como estátua, há milhares de anos atrás. ACABOU...

Em Ândros, tudo havia voltado ao normal. Os Monstros, sem o efeito, foram rapidamente raptados e enviados para masmorras de diferentes reinos, como Solária, Domino, Zenith. 

Depois de três anos de lutas com Faellie, diversas mortes, caos e tragédias, as Winx agora finalmente tiveram seu final feliz, junto com Morgana, Roxy, Nebula e todos os personagens que tanto sofreram com tudo isso.

Agora, o final feliz finalmente chegou...

Bella decidiu voltar ao inferno, onde infelizmente, era seu lugar. Lá, se encontrou com Ronnie. Os dois receberam a redenção dos anjos, por terem ajudados a parar o apocalipse. Foram enviados ao céu, onde foram perdoados por todos os atos ruins. Lá, encontraram Kahn, o namorado de Roxy, que fora morto há alguns meses. Todos viraram anjos. Anjos bons.
Sonya e Ryan, desapareceram pelo mundo, como magos ciganos, como sempre fizeram. 
Esmeralda permaneceu em Alféa, trabalhando com Salladdin e Wizgiz.
Nebula, Roxy e Morgana continuaram no Castelo das Fadas Guerreiras, trabalhando com as fadas, treinando-as para evitar qualquer male.
As Winx puderam descansar por mais alguns meses, quando, um outro vilão surgiu. Pois sempre surgem. A jornada de uma Winx nunca tem fim.

MAS, A TRAIDORA, FINALMENTE FORA DERROTADA...

FIM...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

[FIC] A Traidora 3 | Capítulo 17: A Canção do Cisne

Olá, pessoal. Primeiramente, gostaria de me desculpar com os leitores da FIC. Minha vida pessoal e acadêmica decidiram entrar em conflito. Estou completamente CONFUSO e OCUPADO, e isso fez com que eu escrevesse esse capítulo aos poucos, terminando quase 1 mês depois do lançamento do anterior. Espero que quando as férias chegarem - e a reposição de aulas passarem; maldita greve! - eu volte a postar com mais frequência a FIC, e também outras postagens aqui no blog. Os episódios 2 e 3 da 6ª temporada de Winx Club já saíram, e vocês podem vê-los aqui. Espero que compreendam. E vamos a FIC!

----------------------------------------------------------------------

No Capítulo Anterior: Bella e as Winx vão até a Dimensão Ômega, em busca da Estaca Matadora de Anjos. Após enfrentarem alguns monstros, as fadas chegam até a Estaca, porém se surpreendem ao perceberem que é a Cobra, o Coração da Dimensão, que a guarda. Em um ato mal pensado - ou talvez não - Bella usa a Estaca Matadora de Demônios e mata a Cobra, fazendo Aisha espancá-la furiosamente, a acusando de ainda trabalhar com os Anjos Caídos. Isso é realmente verdade? Com sua 'casca' ferida, Bella é obrigada a fugir. O que vai acontecer agora?


Capítulo 17: A Canção do Cisne

- Oh meu Deus! Nossa filha estava certa! 

- Se acalme, meu amor. Os soldados estão de prontidão. Já ordenei que marchassem para as áreas do portal. Não deixaremos que nenhum monstro chegue ao nosso castelo. -O Rei de Ândros disse-

- Isso se parece com um Swan Song...

- Swan Song

- A Canção do Cisne... Significa o fim, meu amor. O fim de Ândros! 


Enquanto a mãe de Aisha se lamentava - talvez até dramatizando demais - as Winx já estavam batalhando. Criaturas que elas nunca haviam visto antes saíam pelo portal, algumas fugindo, outras sedentas por sangue. As sereias de Ândros tentavam controlar toda aquela bagunça, mas com a destruição da Dimensão Ômega, parecia impossível algo dar certo. O portal talvez nunca fosse fechado.

 - Meninas, eu já disse, saiam daqui! Se salvem! -Aisha dizia-

E completava:

- Achem Faellie, peguem essa Estaca e enfiem-na no peito daquela vadia. Ândros pode sacumbir a qualquer momento e somos a última esperança para dar um fim nisso tudo. 

Porém, apenas Bloom e Flora ouviam isso. As três fadas estavam juntas, em uma área próxima da massa de pedra (que agora havia virado poeira) do portal. 


Musa, Stella e Tecna estavam do outro lado de Ândros, batalhando com mais monstros. O Zoomix havia sido usado, porém as fadas não foram parar no mesmo local, por motivos desconhecidos. Nada em Ândros, inclusive seu destino, havia um sentido conhecido, na verdade.

- Descarga Elétrica! -Tecna atacou-

Alguns monstros voadores, portando tridentes enferrujados, foram atingidos pela magia da Fada da Tecnologia.

- Eles estão em grandes números. Olhem! -Tecna disse-

As fadas perceberam que mais monstros do mesmo tipo, que provavelmente continuavam saindo do portal, começaram a se agrupar.

- Eles parecem atacar juntos. -Musa disse-

E os atacou:

- Potência Sonora!

Alguns monstros foram atingidos, voando longe. Outros, continuavam a marchar na direção das fadas.

- Acho isso perda de tempo. A Estaca está com Aisha! Temos de encontrá-la, nos unir com as outras, irmos atrás de Faellie! -Tecna disse-

A cabeça de Stella estalava sem parar. Uma dor de cabeça insuportável, que começara assim que todas saíram da Dimensão Ômega.

Que desgraça é essa? - ela pensava - Porquê elas não calam a boca?! 

- EXPLOSÃO SOLAR! -A Fada do Sol e da Lua atacou-

Mais monstros atingidos. Mais monstros se re-agrupando.

Em meio à cabeça latejante, Stella concluiu:

- Tecna está certa. Isso é perda de tempo.

E então saiu voando.



Com a Estaca Matadora de Anjos em mãos, Bloom voôu com Flora, tentando encontrar o restante das Winx. Elas viram o momento exato quando centenas de soldados começaram a atacar. Espadas, flechas, lanças. O exército de Ândros parecia fortíssimo, porém os monstros - que saíam sem parar do portal - também eram.

- Estou extremamente preocupada com a Aisha. -Flora disse-

Bloom suspirou. 

- Também estou. Mas a entendo. Zenith sacumbiu a um ataque Nuclear. Milhares de vidas foram perdidas. Ela não quer que o mesmo aconteça com Ândros. -A fada ruiva disse- 

Apesar de que, não acho que esse lugar aguentará por muito tempo. É como se a Dimensão Ômega estivesse se mudando para cá, como se Ândros fosse virar um planeta de gelo. -Bloom pensou, porém nada disse, era um tipo de opinião que não deveria ser exposta, para evitar desespero-

- Bloom, olhe! -Flora gritou, parando de voar em linha reta-

A ruiva também parou. Em um planalto, uma mulher estava portando uma flauta dourada. Essa mulher, aparentava ser uma fada. Uma fada roxa. 

- Não precisaremos caçar ninguém. A desgraçada está aqui. -Bloom disse-

Junto com a Fada da Natureza, a Princesa de Domino voltou a voar, na direção daquela criatura abominável. 



Poucos minutos depois de deixar Bloom e Flora, Aisha já estava no Castelo de Ândros. Voando até a Torre, ela sabia que pelo menos sua mãe estaria alí.

- Oh, mamãe! -Aisha disse, ao ver sua mãe, já com seus pés na torre-

A Rainha, ao ver sua filha, correu na direção da mesma e a agarrou em um abraço. O abraço que Aisha mais precisava naquele momento. Abraço de mãe.

- Eu sabia, eu sabia que algo daria errado! Eu estava sentindo! Mamãe, a senhora precisa me perdoar. -Aisha disse, se sentindo completamente culpada-

- Lhe perdoar porquê, Aisha? -A Rainha perguntou, se soltando daquele doce abraço-

- Eu não devia ter aceitado a proposta daquela mulher. -Aisha disse - Eu não devia, não devia! Agora... Agora é tarde demais.

- Proposta de... -A Rainha iria completar com um quem?, porém, se lembrou de um cabelo chanel que ela nunca havia visto antes-

- Bella. Ela disse sobre um artefato, que nos ajudaria em nossa missão. Realmente conseguimos o artefato, ele está com Bloom, porém aquela mulher matou a Cobra da Dimensão Ômega para isso. Mamãe, ela destruiu aquele lugar. Por eu ter confiado nela, agora meu reino; nosso reino, pode sacumbir. Eu confiei em um demônio. Literalmente. -Aisha disse-

A Fada dos Fluídos tentava não chorar, mas lutar contra aquela vontade estava sendo impossível. As primeiras lágrimas começaram a rolar, quando seu pai apareceu na torre, terminando de subir as escadas.

- O que diabos você disse?! -O Rei gritou-

- Papai...

- Aisha! Você trabalhou com um demônio? Literalmente um demônio?!

- Querido, por favor... -A Mãe de Aisha tentou acalmar o marido-

- Você jurou lealdade a seu Reino! Você não lembra?! Quando decidiu procurar Darkar, quando decidiu se juntar àquele clubinho de fadas, quando decidiu estudar naquele escola. Aisha, você jurou

- Papai, eu sei! E eu fui leal a meu reino todos esses anos! -Aisha disse, tentando manter a calma-

Porém, seu pai continuava falando, ou melhor, gritando:

- Leal?! LEAL? Você acabou de dizer que trabalhou com um demônio! Você tem noção do que isto significa?! Seu reino, seu lar, pode sacumbir por causa de escolhas que VOCÊ fez! O que seus súditos acharão disso?! O que eles acharão ao souberem que a Princesa deles trabalhou com uma criatura das profundezas?! Você nunca foi leal a Ândros

Aisha, por sua vez, se descontrolou. As lágrimas escorriam cada vez mais:

- Eu nunca foi leal?! Eu lutei ferozmente com Valtor! Eu fiquei cega! Eu nadei, me sacrifiquei, sangrei, fiz de tudo para que aquele maldito portal fosse fechado há anos atrás! Eu fiz muita coisa por Ândros! Eu AMO esse lugar. O senhor não pode me culpar! Não por essas coisas do passado. Eu fui leal SIM, e continuarei sendo. Eu consertarei toda essa merda.

Aisha se virou, na direção da janela por onde havia entrado. Ao apoiar seu pé direito, para ganhar impulso e voar, seu pai concluiu o diálogo:

- Se não consertar, melhor não voltar a aparecer por aqui.

- Homem! O que está dizendo?! -A Rainha se revoltou-

Aisha apenas disse mais duas palavras:

- Pode deixar.

E então voôu. No horizonte, ela viu uma bola de fogo explodir no ar.



Musa e Tecna esbarraram com Aisha, quando ela estava voando chorando, saindo da Torre.

- Aisha! O que aconteceu?! -Tecna perguntou-

- Nada. Nada que eu não possa superar. -Aisha disse, enxugando as lágrimas restantes em seu rosto arredondado-

- Se acalme, e vamos. Vi atividades de fogo mais lá pra baixo. Provavelmente é Bloom. Algo está acontecendo. -Musa disse-

Tecna concordou. As fadas seguiram viagem. 



Faellie estava rindo dos ataques de Bloom. 

- Do que está rindo, maldita?! -Flora gritou- 

E tentou usar de ervas para prender Faellie. A magia falhou.

- Hahahaha. Por favor! -Faellie gritou-

E então bateu suas asas, fazendo as duas fadas voarem.

- POTÊNCIA SOLAR! -Stella atacou, surgindo voando atrás da fada roxa-

Faellie se virou. Parecia estar portando um reflexo incrível. E então, absorveu a energia de Stella pelos olhos, sem fazer movimento algum.

- O que diabos?! -Stella gritou-

- Hahaha. O que quatro diabos, fadinha. Tristeza, Ódio, Ilusão e Guerra. - Faellie disse, em um tom absurdo de pura ironia-

Poucos segundos depois, Tecna, Aisha e Musa chegaram. As Winx estavam reunidas de novo.

- Fico surpresa das vadias estarem vivas. A Dimensão Ômega se destruiu muito rápido. Esse lugar, será mais rápido ainda. -Faellie disse-

E continuou:

- Se lembram dessa Flauta? O erro de vocês, será minha vitória.

E então soprou o objeto, emitindo um som agudo e perturbador. Imediatamente, as Winx puderam perceber que monstros começaram a marchar de encontro a Faellie. Flauta das Aberrações. Sendo tocada de novo. 

- Sua maldita! -Aisha gritou-

E criou uma estaca de fluído. Então, partiu para cima da fada roxa.

Faellie foi atingida e caiu. Estranho.

Aisha colocou uma parte afiada em direção ao pescoço da fada.

- Sabemos que Bella está trabalhando com você. Avise a ela, que eu a caçarei, que eu a levarei de volta ao inferno, nem que eu vá junto. Ela vai pagar muito caro por ter causado esse caos no meu reino. -Aisha disse-

Faellie riu e disse:

- Bella está sendo caçada por mim. Os anjos querem que eu a mate. Ela é tão nossa inimiga quanto vocês. 

Aisha amoleceu um pouco, pensando no que Bella havia dito. Será que era verdade? Será que Bella só queria ajudar? Não, não podia ser. O ódio permanecia ali, no coração da Fada dos Fluídos. O reino dela estava sendo devastado, ela havia brigado com o pai. Bella precisava pagar.

Foi então que Faellie, vendo que Aisha estava perdida com seus pensamentos, enfiou suas unhas na pele negra da mesma, fazendo escorrer uma quantidade razoável de sangue. 

- Mas o que... -Foi o que Aisha teve tempo de dizer, antes de se chocar com a próxima cena-

Faellie então enfiou a estaca de fluído em seu próprio pescoço, o retirando rapidamente. Agora, muito sangue estava sendo jorrado. A fada roxa ria, durante o processo.

O sangue do pescoço de Aisha, em seguida, entrou em contato com o sangue de Faellie, após a fada roxa puxá-la.

- Quando uma alma pura se mistura com uma alma impura, ela é corrompida. -Faellie disse-

E então brilhou. As Winx nada puderam fazer. Faellie e Aisha desapareceram.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

[WC] Winx Club 6x01 - Inspiration Of Sirenix - Season Premiere - Legendado PT-BR

(Screen by Winx Club Fãs)

Sinopse: Oritel, Marion e Bloom decidem dar uma festa à Daphne, comemorando seu retorno à vida. Porém, a ninfa de Domino não está se sentindo tão bem com toda essa história. No Oceano Infinito, as Trix decidem libertar uma Besta, para se vingarem.

Não consegui incorporar o vídeo aqui, então para assistirem o episódio, basta clicar AQUI.

Adorei esse episódio de estréia. Incrivelmente melhor que o da 5ª temporada. A abertura está linda, e o encerramento no mesmo nível. Essa temporada tem tudo para ser épica.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

[FIC] A Traidora 3 | Capítulo 16: A Garganta de Gelo

No Capítulo Anterior: Bella chega à Alféa, revelando a todos sobre a Estacas Matadoras, objetos designados a eliminar demônios e anjos, com apenas um golpe. O demônio afirma que a estaca usada por Rafael foi destruída, porém que há outra, em Ândros, que ela e as Winx podem conseguir, para que os Quatro Magníficos sejam destruídos e logo após, Faellie. Agora, chegou a hora da caçada.
A continuação de toda essa confusão, você lê logo abaixo...



Capítulo 16: A Garganta de Gelo

Alguns minutos depois das Winx - e todos no pátio de Alféa - terem recebido tanta informação, Bella apontava seu dedo freneticamente para um mapa de Ândros, na sala dos professores da escola.

O sol estava quase saindo, enquanto Stella esfregava seus olhos constantemente, tentando permanecer acordada. Aisha prestava atenção em Bella, como se o demônio fosse a pessoa mais inteligente do mundo, afinal, ela estava falando de Ândros. Ândros.

- Tenho quase certeza que a Estaca está aqui. -Bella disse, com o dedo apontado em uma parte do mapa-

- Você já foi em Ândros? -Aisha perguntou, com uma cara debochada-

- Ainda não. Mas se o feitiço que fiz aponta para essa localização, é aqui que a estaca deve estar. -Bella respondeu, confiante, mal percebendo o tom de ironia na voz de Aisha-

- Isso dá diretamente em mar aberto, Bella. Oceano. -Aisha afirmou-

- Vocês não podem se molhar? Porquê eu realmente esperava que pudessem, já que a localização é no oceano. -Bella disse, ironizando-

- Água não é um problema. Temos alguns novos poderes e não temos medo de usá-los.  -Stella disse, cruzando os braços, gesto que sempre fazia quando estava entediada.-

- Bom, então vamos. -Bella disse, enrolando o mapa e o entregando para Faragonda.-

Faragonda segurou o mapa e olhou desconfiada para Bella. Ela não confiava de verdade na vadia de olhos negros, mas a criatura parecia ter a solução para o problema. O grande problema. 

As Winx se entreolharam, enquanto Bella tirava sete saquinhos de bolsos aleatórios da jaqueta que estava usando.

- O que diachos é isso? -Avallon perguntou-

Os saquinhos eram pequenos, do tamanho de uma ameixa. Bem redondos, estavam selados com uma pequena tira de linha. Seu aspecto era marrom e velho. 

Bella começou a distribuir os saquinhos para as Winx, ficando sobre a posse de apenas um.

- Hey, não abra! -Bella gritou, vendo que Tecna iria puxar a pequena linha que selava o objeto-

- Por quê? -A fada da tecnologia perguntou, desconfiada-

- Tudo o que você vai encontrar são alguns ossos de criaturas demoníacas, um pouco de pó mágico e um pedaço de rubi. -Bella disse-

- Isso... é magia negra! -Griffin disse, chocada-

- E das fortes. Se abrirem os saquinhos, a magia será anulada. Criei essas coisinhas para que os Quatro Magníficos não nos achem. Agora que eles estão dentro daquela fada desgraçada, será mais fácil nos localizar, então magia negra será necessária para que fiquemos fora do rastro deles. -Bella explicou-

- Isso é doentio! -Stella disse-

- Vocês estão negociando com um demônio, um demônio que fazia magia negra quando era "vivo". Vocês já estão vivendo uma coisa completamente doentia. -Bella ironizou, fazendo aspas com os dedos ao falar "vivo"-

Depois de alguns segundos de silêncio, as Winx se transformaram. Believix.

As fadas penduraram os saquinhos em suas roupas, usando de magia, para que eles não caíssem. Bella colocou o seu de volta em seu bolso.

- Preparada? -Bloom perguntou, segurando a mão de Bella-

O que vem em seguida vocês já conhecem: Zoomix.



As fadas aterrizaram em frente ao grande castelo de Ândros. Na torre mais baixa do local, as fadas viram uma mulher negra, com uma coroa presa a seu longo cabelo. 

- Mamãe! -Aisha disse, acenando para cima-

A jovem Rainha olhou para baixo, e ao perceber sua filha, um grande sorriso foi estampado em seu rosto.

Aisha levantou vôo, ouvindo apenas de Bella um "Volte rápido, temos que agir" antes de chegar até a Torre.

- Oh, Aisha! -A Rainha disse-

Estendendo os braços, a mulher deu um forte abraço em sua filha.

- Oh...

- O que foi? -Aisha perguntou, sentindo que a Rainha se afastara um pouco-

- Esse pequeno saco... Me arrepiei ao encostá-lo. Isso... Isso é magia? 

Aisha tocou o presentinho de Bella preso em sua cintura e suspirou.

- Mamãe, estamos em uma missão. -A fada disse-

- Missão? Aqui em Ândros? Não me diga que...

- Não -Aisha cortou- Não. Faellie não está aqui. Olha... Eu não quero contar muita coisa. Estamos em uma situação complicada...

- Eu soube do acontecido em Zenith. Mas ninguém sabe o que realmenteaconteceu. Como Tecna está? 

Aisha olhou para baixo, vendo Tecna e as amigas, junto a Bella, discutindo sobre alguma coisa.

- Tecna está sendo forte, mas sei o quão difícil é. Foram os Quatro Magníficos e Faellie. Eles explodiram o lugar, eles mataram todas as testemunhas. Agora, os anjos estão dentro daquela desgraça. Mãe... Eu realmente...

- Perdão? Anjos? Aisha, do que você está falando?

Aisha mordeu seu lábio inferior. Realmente, a mãe dela não sabia do que estava acontecendo.

Somente alguns de Magix sabiam de toda a história. Os boatos que Faellie havia voltado, estavam fortes por todo o Universo Mágico, porém poucos sabiam sobre o complô que a vadia roxa havia entrado. Poucos sabiam que quatro diabinhos alados estavam trabalhando com ela.

- Mãe, uma bomba atrás da outra está explodindo por todo o Universo. Morro de medo que algo aconteça à você, ao papai, ao nosso Reino. Por isso, peço que vocês reunam seus mais fortes homens, que falem com as Sereias, que todo um esquema seja montado para que resistam a qualquer ataque. -Aisha disse-

- Mas Aisha, você precisa me explicar! Faellie está trabalhando com alguém? Que missão você está metida? 

- Quanto menos vocês souberem, melhor. O que eu quero, é que a senhora faça isso, que proteja nosso reino. Falei com papai, fale para ele se comunicar com os reinos vizinhos. Precisamos de proteção, mas não precisamos de alarde. -Aisha continuou-

- Faellie se foi por duas semanas e agora está de volta, provavelmente trabalhando com alguém. Ela explodiu uma Usina Nuclear e você não quer que eu faça alarde? Aisha, isso é grave. Todos precisam se proteger. -A Rainha insistira-

- Faellie está sim trabalhando com alguém, mamãe. Como eu disse, com quatro pessoas. Quatro... Anjos. Porém eles no momento estão em busca de armas, então estão atacando o "necessário", de acordo com eles. Estou em uma missão com as outras, para que os paremos antes que mais desgraças aconteçam. Tenho fé de que vamos parar tudo isso antes que se torne novamente um problema Universal. Apenas... faça o que pedi. -Aisha disse-

Ao ouvir suas amigas gritando, Aisha desceu novamente, sem ouvir mais sua mãe. A rainha ficou com perguntas em mente como Armas? Que armas?, e não disse o quanto amava sua filha, porém sabia que Aisha estava determinada a resolver o problema, e que devia confiar nela. 



Alguns minutos depois, as Winx estavam sobrevoando o mar de Ândros. Sereias curiosas olhavam a situação, também curiosa. Seis fadas voando e uma fada em especial, Flora, levava Bella, um demônio, por dois cipós mágicos. O demônio, por sua vez, segurara uma estaca prateada, recitando palavras mágicas. Rastreamento de Estaca.

- Oh, oh, oh! -Bella gritou, quase deixando a estaca cair-

- Não se preocupe, você está segura. -Flora disse-

- Meninas, é por aquela direção. -Bella disse-

Musa queria perguntar se Bella tinha certeza, porém, poxa, teria outro jeito de elas terem certeza se não fosse por Bella? Confiar naquela criatura era o único jeito.

Voando, as fadas chegaram até o local onde a estaca de Bella apontara a direção. Porém, não era em mar aberto, como Aisha havia dito. Não era em mar aberto, como Bella havia pensado. Havia uma grande rocha, redonda e perfeitamente em espiral. O Portal da Dimensão Ômega...

- Só pode estar brincando... -Tecna disse-

Ao se aproximarem mais do local, a estaca começou a se mover rapidamente na mão de Bella.

- Mas o que... -Bella disse-

O objeto, contra a vontade do demônio, saltou da mão da mesma e voôu na direção do portal.

- É realmente aqui! Vamos! -Bella gritou, sendo carregada por Flora-

As fadas voaram rapidamente atrás do objeto, que parou somente quando atingiu o ponto central da massa de pedra. O ponto central onde o portal se abre.

- O feitiço funcionou mesmo! Não consigo acreditar! -Bella disse, eufórica-

Flora colocou o demônio em cima da massa da pedra, também pisando no local logo depois, junto com as outras Winx.

- A estaca ainda não parou de se mexer... -Bloom disse-

- Meninas, eu acho que... -Stella tentou dizer alguma coisa-

- Ao que parece... A estaca não está aqui. Está DENTRO do portal. Dentro da Dimensão Ômega... -Musa disse-

- Céus... -Aisha disse, preocupada-

- Então vamos. -Bella disse-

- Hey hey hey, você acha que é fácil assim? -Flora perguntou-

- Vocês querem ou não querem dar um fim a esses malditos? EU sei que quero. E preciso da ajuda de vocês, logo, me ajudem. -Bella disse, completamente direta-

- Não podemos abrir esse portal, pois criaturas irão escapar. Temos que usar do Zoomix novamente. -Aisha disse-

- Só precisamos tomar cuidado, pois não sabemos onde iremos parar. -Bloom lembrou-

- Certo. -Bella pegou a estaca prateada da massa de pedra - Estou pronta.



Por sorte, quando o Zoomix foi usado, as Winx e Bella foram parar em uma planície de gelo. Ótimo. A morte seria iminente se elas caíssem em um buraco de gelo ou nas partes cavernosas do lugar.

- Meninas... -Bella disse, sua voz soando cansada-

Três homens, com o rosto deformado, apareceram atrás da fadas. Todos portavam espinhos pelo corpo, e usavam uma espada como arma.

- Eu sabia que isso iria acontecer. Essas criaturas atacam qualquer um que apareça aqui! -Bloom disse-

E então atacou as criaturas:

- Bola de Fogo! 

Os homens conseguiram se esquivar, e correram na direção da ruiva.

- Ervas Verdes Pegajosas! -Flora gritou-

Porém a magia não funcionou. O que ela estava pensando? Que plantas iriam crescer de puro gelo?.

- Barreira de fogo! -Bloom se protegeu das três espadas-

- Eles realmente atacam em grupo? Bom para a gente. -Musa disse-

E então atacou:

- Mega Som! 

As três criaturas cederam, se contorcendo com a alta música só ouvida por eles. Porém, logo as Winx sentiram a música, quando aquela planície começou a tremer. 

- Tinha me esquecido desse detalhe. Música aqui não é uma boa idéia. -Musa disse, voando dalí antes que tudo desabasse-

Flora pegou Bella pelo braço, saindo dali também. O restante das Winx seguiram as amigas.

Voando mais um pouco e atacando monstros, as fadas chegaram até um beco. Um beco de gelo, grande o suficiente para as sete ficarem.

Quando se acomodaram no lugar, uma serpente de gelo apareceu. Uma serpente pequena, provavelmente uma cópia em miniatura da Cobra de Gelo que, como sabemos, é o coração da Dimensão Ômega.

- Que inferno! -Bella gritou-

E então fez um gesto com sua mão esquerda. Um pedaço afiado de gelo, logo acima do belo, caiu em alta velocidade e cortou a cobra ao meio. Perfeito

- Mas como...

- Aqueles anjos me deram poderes, se vocês não lembram. Eu fiz vocês voarem uma vez. -Bella disse-

Sim, sua vadia, você me fez atravessar uma janela.. - Stella pensou

Bella retirou a Estaca Matadora de Demônios de seu bolso, e o posicionou no chão frio. 

- Espero que isso não comece a voar aqui, ou teremos problemas em seguir essa coisa. -Bella disse-

E então, começou a pronunciar palavras estranhas.

- Estou com um mal pressentimento. -Aisha disse-

- Vamos ver no que vai dar. -Tecna balbuciou, meio desfocada. A tragédia em Zenith ainda pulsava na cabeça dela sem parar, como se fosse uma enxaqueca-

Após alguns segundos de silêncio, a Estaca começou a se movimentar. E então vôou em uma velocidade grande, porém, não foi muito longe. Ela acertou a cabeça da serpente de gelo, que havia sido partida ao meio poucos segundos antes.

As Winx se aproximaram e não notaram nada diferente naquilo. A não ser para onde a estaca apontava. A Toca da Cobra

- Ela acertou a serpente e está apontando para aquela entrada cavernosa. Significa que... -Bella não completou sua frase-

- Significa que a Cobra de Gelo pode estar protegendo a Estaca em sua toca. -Flora concluiu-

- Se passaram anos desde que enfrentamos aquele bicho... Ou ela está mais forte, ou está mais fraca. -Bloom disse-

- Levando em consideração que cada vez mais inimigos são presos aqui, a Cobra deve estar cada vez mais forte, tecnicamente. -Tecna falou-

- BARREIRA DE FLUÍDO! -Aisha gritou-

Uma barreira rosa selou a entrada do beco, e foi então que o restante do pessoal percebeu que grandes espinhos de gelo estavam vindo na direção delas. Se não fosse pelo bom reflexo de Aisha, elas estariam perdidas.

Bem, elas ainda poderiam estar perdidas. Milhares de serpentes de gelo, idênticas àquela que foi partida ao meio por Bella, estavam se aproximando. Elas ficariam encurraladas se não saíssem rápido, e usar o Zoomix novamente, naquela dimensão de gelo, não parecia ser uma boa idéia.

- Vamos dar o fora daqui. Se voarmos rápido, entraremos na outra ponta desse lugar, na Toca da Cobra. Podemos selar a entrada e então só seremos nós e ela. -Aisha disse-

As fadas concordaram. Bella não teve tempo para pensar, foi puxada novamente por Flora, sua "guardiã"

Speedix.

As Winx voavam em uma velocidade absurda, enquanto se desviavam de serpentes. Porém, as criaturas não estavam indefesas. Elas rastejavam ferozmente, e lançavam espinhos de gelo pela boca. 

- POTÊNCIA SOLAR! -Stella gritou, se envolvendo com um brilho absurdo e depois o lançando para todos os lados-

Várias serpentes foram destruídas, porém algumas partes de gelo também, fazendo o lugar tremer um pouco.

- Não repita isso, por favor. Nossos poderes precisam ser moderados aqui. -Flora relembrou-

As fadas voaram por mais alguns segundos, até que chegaram até a ponta paralela de onde estavam. Alguns passos adiante e elas estariam na Toca da Cobra, porém aquela entrada precisava ser fechada.

- Barreira de Fl...

Aisha não completou sua magia.

- Não acho que seja uma boa idéia, Aisha. -Tecna disse, interrompendo a amiga antes-

- Por quê?

- Pense comigo. Se algo der errado, teremos que fugir, e até você retirar essa barreira... A cobra era mais rápida que todas nós, e agora deve estar ainda mais. Não quero perder mais amigos... -Tecna disse-

Aisha assentiu com a cabeça. 

- Certo. Acho melhor nos dividirmos então. Há muitas serpentes que precisam ser devastadas. -Aisha falou, decidida-

- Stella e Bloom são as com melhores poderes para enfrentar gelo. Você pode ir com elas, levando Bella. Eu, Tecna e Musa ficamos aqui e damos um jeito nessas nojentas rastejantes. -Flora disse-

As fadas concordaram, sorrindo. Bella não esboçou sentimento algum, porém em sua cabeça, ela estava se sentindo um tanto que parte da equipe. E isso, parecia bem legal.

- GAIOLA À LASER!

- EXPLOSÃO SÔNICA!

- ESPINHOS DE ATAQUE!

Tecna prendeu algumas serpentes em uma gaiola, enquanto Musa e Flora atacavam dentro, destruindo as criaturas. Com ataques assim, o gelo não seria afetado, ninguém sofreria as consequências. Finito


Enquanto isso, Bella, Aisha, Stella e Bloom seguiam viagem até a Toca da Cobra. Como já citado antes, foram apenas alguns passos até que elas chegassem ao local.

- Isso é incrível... -Bella disse, fascinada-

O gelo parecia ser mais brilhante lá dentro. Mais firme. Tudo parecia maior. 

O demônio pegou novamente sua estaca e repetiu novamente aquelas palavras desconhecidas.

Antes que Bella pudesse completar suas palavras, a estaca começou a tremer novamente. O que era estranho, muito estranho.

- Mas eu não completei... -Bella disse-

A estaca começou a se movimentar cada vez mais, saindo do lugar, tremendo como se estivesse recebendo uma grande descarga elétrica. 

Alguns segundos depois, as fadas (e o demônio) perceberam o porquê. A Estaca Matadora de Anjos, a que elas estavam procurando e rastreando, estava se aproximando. A Cobra de Gelo

- Meninas? -Bella disse, com um tom temeroso em sua voz-

- Ao que parece, a Cobra está realmente protegendo a Estaca, mas... Não está em sua toca. Está dentro dela! -Bloom disse-

Bella segurou a estaca e começou a se aproximar da criatura gigante.

- O que diabos está fazendo?! -Stella gritou-

Bella conseguiu o que queria. Ao se aproximar pelo menos um pouco, com a sua estaca descontrolada (por estar perto de outra estaca), um objeto pontiagudo foi revelado na garganta da Cobra. Era a estaca que todas estavam procurando.

- Está na garganta dela! -Bella disse, voltando para perto das Winx-

A Cobra, que antes estava apenas rastejando lentamente, decidiu lançar um jato de gelo. 

- Meninas, se protejam! -Aisha gritou-

Todas as três fadas fizeram uma barreira, se protegendo do jato. 

- Continuem assim. A distraiam. -Bella disse-

As fadas agora estavam usando as duas mãos. A Cobra parecia estar realmente mais forte que da última vez. Aquela barreira não poderia ser desfeita. Ou todas morreriam

Bella saiu de perto novamente, andando lentamente para um pouco longe das fadas e da Cobra. Ela segurou firme sua Estaca Matadora de Demônios.

- Cobra... Serpente... Adão e Eva... Sim! Ela é uma serpente! Um demônio! Um Demônio de Gelo! -Bella concluiu, gritando-

- BELLA, NÃO! NÃO FAÇA ISSO! VOCÊ NÃO PODE! -Aisha gritou desesperadamente-

Porém Bella estava focada demais para ouvir. Aisha não conseguiu sair a tempo da convergência da barreira. O demônio, usando de seus poderes de telecinese que havia ganho de quatro anjos malditos, lançou a estaca na direção da Cobra de Gelo.

O objeto pontiagudo perfurou o meio da Cobra, que imediatamente interrompeu o jato de gelo e olhou furiosa para Bella.

- NÃO! SUA DESGRAÇADA! EU SABIA! EU SABIA QUE VOCÊ NÃO ERA CONFIÁVEL! VOCÊ AINDA TRABALHA PARA ELES! -Aisha gritava, completamente desesperada-

A Cobra não emitia movimento algum, até que começou a brilhar. E então, começou a se debater por entre as grandes pedras de gelo, até que caiu no chão, causando um grande terremoto.

Bella, ainda ignorando Aisha, correu rapidamente até a cobra e percebeu que ela estava derretendo, se transformando em água extremamente rápido.

- SUA DESGRAÇADA! VADIA DESGRAÇADA! VOCÊ VAI DESGRAÇAR MEU REINO! -Aisha continuara gritando-

- Meninas, o que aconteceu?! -Tecna chegou, com Flora e Musa-

- As serpentes desapareceram do nada e... -Flora não completou a frase-

Foi então que a ficha de Bloom caiu. E então de Stella, Flora, Musa e Tecna. A Cobra de Gelo estava morta. O Coração da Dimensão Ômega havia parado.  Aquele lugar iria sacumbir até ser destruído completamente. Tudo ficaria descontrolado. O Portal de Ândros seria aberto...

Aisha começou a chorar de ódio, vendo que Bella conseguira pegar a Estaca Matadora de Anjos. 

- Agora podemos dar um fim nisso! -Bella disse-

- AAAAAAAARRRRGGGH! -Aisha berrou, voando para cima de Bella-

O demônio recebeu talvez o maior golpe de sua "vida", caindo no chão frio com a estaca em mãos.

- Meninas, precisamos dar o fora daqui! Rápido! -Musa gritou-

O lugar tremia cada vez mais, suas paredes desabando. As Winx puderam perceber pura trevas, uma luz negra e cegante, que cercava aquela dimensão.

- Desgraçada! Putinha desgraçada! Você sabia que matando a Cobra tudo viria abaixo e mesmo assim o fez! -Aisha gritava, socando Bella-

- Eu... E-eu... Socos. - E-eu não sabia d-de nada! -Bella disse-

E então, o demônio percebeu que aquela 'casca', aquele corpo que estava possuindo, estava cedendo aos socos de Aisha. Se o corpo morresse, ela poderia morrer também. Foi então que uma fumaça preta e espessa saiu da garganta daquela mulher com cabelo chanel, desaparecendo em seguida.

- Aisha, vamos! -Bloom gritou, correndo até Aisha e a puxando- 

O rosto da fada dos fluídos estava repleto de lágrimas, quando ela pegou a Estaca Matadora de Anjos.

As fadas rapidamente trocaram suas asas para o Zoomix.

Em Ândros, as sereias começaram a se desesperar. A grande massa de pedra que cercava o portal começou também a tremer, se implodindo poucos segundos depois. Um grande portal foi aberto, descontrolado, mandando milhares e milhares de monstros para o Reino de Aisha.

-----------------------------------------------------------------------------------

Próximo Capítulo: 3x17: A Canção do Cisne
Estréia Brevemente

SinopseBella matou o Coração da Dimensão Ômega, a Cobra, que era toda a vida daquele lugar. Com isso, o lugar não existe mais. Agora, com o portal em Ândros descontrolado, o que irá acontecer? Milhares de monstros que não foram mortos com o colapso da dimensão agora podem caminhar sobre o Reino de Aisha. E Bella, que fugiu de sua casca? Será que ela realmente não sabia o que havia feito? Ou estava ainda trabalhando para os Quatro Magníficos todo esse tempo?
Faellie aproveitará essas oportunidades como nunca aproveitou antes, o que pode trazer mais e mais problemas.

Pesquisar este blog

Carregando...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Ana Naykindo (fofa do Allan) | Proibida a copia total ou parcial do mesmo - Questa è La Magia Del Winx Club - Fã-Blog sem Fins lucrativos>